Efeito de Nicki Minaj nas musicas é bem maior que efeito com Drake, diz pesquisa!




De acordo com o site "Five Thirty Eight" efeito de drake nas musicas é real, mas o efeito de Nicki Minaj é bem maior. veja o que o site disse:
"Depois de brincar com Drake em 2014, a rainha do rap apareceu novamente em 2015.

Claro, Drake lançou sua quarta mixtape, no início de fevereiro — que vendeu quase meio milhão de cópias em três dias — e seguiu-o com o album "What a Time to Be Alive" em setembro, uma co-produção com o rapper future que estreou em 1º na Billboard 200. E ele encontrou tempo para soltar algumas das faixas de sucesso do ano, "Hotline Bing" e "Back to Back", se tornando o artista com mais streaming do mundo no Spotify.
Mas enquanto Drake estava ocupado com sua rivalidade com Meek Mill ex de Nicki Minaj naquela epoca, ela conseguiu-o em uma das principais arenas de sucesso no hip-hop: como artista convidado/featuring. Minaj carregou a faixa sensação global de David Guetta "Hey Mama", que permaneceu no topo da Billboard, a maior parte do verão. Ela também estampou o sucesso "All Eyes on You" dando para Meek Mill se maior sucesso, depois ela se envolveu em mais uma musica "Back Together" do Robin Thicke e fechou o ano como Artista feminina mais executada no Spotify dos EUA.
Durante o ano de Drake, vimos o efeito do seu toque em aparições nas faixas de outros artistas. Mas músicas com Minaj como artista convidada, fizeram um sucesso bem maior, de acordo com o Spotify, o "Efeito do Drake" é real, mas é a hora de falarmos sobre o grande "Efeito Nicki".

Resultado de imagem para Nicki Minaj side to side
tudo que Drake toca vira ouro é um fenômeno bem documentado no hip-hop. Adição do Drake nas musicas de outros artistas, pode levar a música ou artista de "Baixo Sucesso" para o sucesso mainstream.

De janeiro a outubro de 2016, uma faixa com participação do Drake como artista convidado foi transmitida 126% mais vezes, em média, do que qualquer outras faixas dos álbuns de determinado artista que ele foi destaque. Comparando com Nicki Minaj, com a ajuda de uma analista de dados do Spotify Jomar Perez, percebemos que Drake participa de 63 álbuns de outros artistas, Nicki Minaj participa de 62 álbuns, e Lil Wayne já participou de 192 álbuns, de acordo com dados do Spotify, o efeito de 'streaming' de Nicki Minaj foi ainda maior do que a do Drake, as faixas aumentam seu sucesso em média de 172% mais frequentemente com ela.

Veja no gráfico:
mccann-nickieffect-1

É percebível que a gloriosa historia de Lil Wayne já se passou. Para isolar ainda mais o efeito de um artista como convidado precisamos comparar essas canções com outro artistas de mesmo nível, comparado a Drake e Nicki Minaj.

Sem surpresas, cerca de 80% das faixas que tem Drake e Nicki Minaj é sucesso devido ter eles como 'Featuring', o poder de Nicki torna-se ainda mais claro.

Das musicas que contem minaj, o aumento é de 46% a mais comparado com Drake que tem 25%.

mccann-nickieffect-2

'Nicki esta controlando suas colaborações para serem um sucesso e Drake esta controlando a si, em menor escala, para fazer sucesso". De acordo com a analista de dados, Enquanto Drake procura por artistas de um certo nicho musical, Nicki tem um interesse maior em qualquer coisa que pode ser um possível hit. Oh diz: "seu pensamento inicial é, 'Isso vai ser um hit?'".

No álbum "Believe" do Justin Bieber, a canção "Beauty and a Beat" com Nicki Minaj, foi transmitido 70% a mais comparado as canções do resto do álbum, vamos relembrar que Drake também fez uma participação no álbum na musica "Right Here", mas comparado a Minaj a canção foi tocada 14% a mais que as faixas do álbum.

Na verdade, você esperaria Drake ter um impacto maior nos álbuns de artistas, sim isso é fato, mas desde que Nicki Minaj está no mundo do Hip-Hop é notável sua presença como destaque nas musicas. a diferença de Drake e Nicki Minaj nas musicas ainda é mais evidente, se você conferir os maiores sucessos com Nicki, "Hey Mama" de David Guetta, "Bang Bang" de Jessie J, "Side to Side" com Ariana Grande, é o suficiente para superar o efeito Drake.

mccann-nickieffect-3-larger

Você pode está surpreso, mas não deveria está. A 6 anos atrás, Kanye West montou uma das melhores equipes, para uma faixa de Hip-Hop - Rick Ross, Jay Z, Bon Iver e Nicki Minaj para seu single "Monster", mas no verso dela continua a ser indiscutivelmente um dos maiores verso de um rapper feminina de todos os tempos, ela consegue trocar de voz de seu alter ego Harajuku Barbie para Roman Zölanski facilmente, fazendo a mesma coisa no clipe.

Source: fivethirtyeight
Compartilhar no facebook twitter Google tumblr pinterest

Entradas similares

No se permiten nuevos comentarios