Deboche! Nicki Minaj dedica performance de "Anaconda" a Donald Trump.


Uma das 100 pessoas mais influentes do mundo, listada pela revista TIME, a rapper Nicki Minaj fez um pocket show na festa de gala da publicação, em Nova York, na terça (26/2). Ela apresentou “The Crying Game”, “Feeling Myself”, “Truffle Butter”, “Anaconda” e “Super Bass” – e usou “Anaconda” para mandar um recado para o candidato à presidência dos Estados Unidos Donald Trump, assumidamente xenófobo.

“Eu sou muito política e gostaria de dedicar essa música, apenas no espírito de união, para Joe Biden [atual vice-presidente] e Donald Trump. Vocês acham que eles gostam dessa música? Quem vocês acham que gosta das bundas mais grandes: Donad Trump ou Joe Biden?”.


Na plateia, estavam nomes como Ariana Grande, Gael Garcia Bernal, Karlie Kloss, John Green, Lewis Hamilton, Mia Farrow, Marina Abramovic, entre outros. O próprio Donald Trump marcou presença no evento, mas, no momento da performance da Nicki, que encerrou a festa, ele já tinha ido embora – porque foi atacado a noite inteira.

Quando subiu no palco, o escritor John Green disparou: “Posso tomar um dopante e acordar só em meados de novembro, com a esperança de que o presidente não é esse cara?”. Entre as várias propostas de Donald Trump em sua campanha, está a de construir um muro entre os Estados Unidos e o México. Vários artistas latinos, como Ricky Martin e Shakira, já fizeram discursos contra ele.


Compartilhar no facebook twitter Google tumblr pinterest

Entradas similares

No se permiten nuevos comentarios